Card image cap

Prefeito e vereadores de Lajeado tomaram posse nesta sexta-feira, 01

01/01/2021 | Noticias |


Além do prefeito, 9 vereadores assumiram o cargo na Câmara Municipal para a legislatura 2021-2024.

 

O prefeito de Lajeado, Júnior Bandeira (MDB), tomou posse nesta sexta-feira (01). A cerimônia teve início às 10h e foi realizada na Câmara Municipal. A posse contou com a presença de várias autoridades do município. Além do prefeito, 9 vereadores assumiram o cargo para a legislatura 2021-2024.


O prefeito Antônio Luiz Bandeira Júnior tem 55 anos, é casado, declara ao TSE a ocupação de prefeito e tem superior completo. Já o vice Nego Dilson (Edilson Gonçalves Mascarenhas), do DEM, tem 56 anos, é casado, declara ao TSE a ocupação de vereador e tem ensino médio completo.  A solenidade teve o número de pessoas reduzido por causa da pandemia da covid-19. Durante o evento, houve discursos de todos os vereadores e do prefeito.


“Agradeço a sociedade por ter me acolhido e confiar no nosso trabalho, quero agradecer a cada lar, aqui na cidade e da zona rural pelo carinho que eles nos receberam durante essa campanha. Espero que possamos juntos melhorar a qualidade de vida do nosso povo”, disse o vice-prefeito, Nego Dilson.


O novo prefeito reforçou em sua fala os objetivos da gestão e sobre a importância de atender toda a comunidade de maneira democrática. "Nós vamos cumprir com nossos objetivos de unir a sociedade. Quero ser fiel aos princípios que a gente vem defendendo: fé, família e trabalho. É preciso que a gente una as famílias e busque oportunidade de trabalho para essas famílias. É preciso que a gente busque a igualdade, a gente percebe que ao longo de certo período, algumas famílias ficaram à margem dos benefícios que o município pode promover de modo igualitário”, conta.


“Vamos buscar ser mais igualitários, nas questões sociais, na habitação e na distribuição da atenção à assistência social básica. Vamos atrair investidores e organizar a nossa cidade, ela é linda e vai ficar mais ainda, ela é iluminada e vai ficar mais ainda, é limpa e ficará mais. Vamos transformar esses instrumentos de organização urbana em promotores da atração de investidores para nossa cidade”, pontua o prefeito.


Os vereadores de Lajeado vão representar 3.167 habitantes. A cidade tocantinense tem um PIB de R$ 63.343.983,00 e um IDH (Índice de Desenvolvimento Humano) de 0,675, segundo a última medição do IBGE, que é de 2010. O IDH vai de 0 a 1 – quanto maior, mais desenvolvida a cidade – e tem como base indicadores de saúde, educação e renda. A média no Brasil é de 0,765, segundo dados de 2019 divulgados em 15 de dezembro de 2020 pelo Programa de Desenvolvimento das Nações Unidas (PNUD).


Veja quem são os vereadores eleitos:


  • Emival Parente, do MDB, tem 56 anos, é casado, declara ao TSE a ocupação de vereador e tem ensino médio incompleto. Ele tem um patrimônio declarado de R$ 75.000,00.


  • Xirica, do MDB, tem 41 anos, é solteiro e tem ensino médio completo. Ele não declara nenhum bem como patrimônio.



  • Neemias Carvalho, do MDB, tem 31 anos, é casado, declara ao TSE a ocupação de vigilante e tem ensino médio completo. Ele não declara nenhum bem como patrimônio.


  • André Portilho, do MDB, tem 37 anos, é casado, declara ao TSE a ocupação de fisioterapeuta e terapeuta ocupacional e tem superior completo. Ele tem um patrimônio declarado de R$ 329.400,00.


  • Oscar Goveia, do DEM, tem 42 anos, é solteiro e tem ensino fundamental incompleto. Ele tem um patrimônio declarado de R$ 10.000,00.


  • Antônio Carlos, do DEM, tem 47 anos, é casado, declara ao TSE a ocupação de servidor público estadual e tem ensino médio completo. Ele tem um patrimônio declarado de R$ 300.000,00.


  • Walber Pajeú, do DEM, tem 37 anos, é casado, declara ao TSE a ocupação de empresário e tem superior completo. Ele tem um patrimônio declarado de R$ 410.342,76.


  • Helder Borges, do PSC, tem 40 anos, é casado e tem ensino fundamental completo. Ele tem um patrimônio declarado de R$ 326.000,00.


  • Leidiane Mota, do PSC, tem 35 anos, é casada, declara ao TSE a ocupação de vereadora e tem superior completo. Ela tem um patrimônio declarado de R$ 290.378,00.


Com informações do G1