Card image cap

Prefeito de Lajeado se reúne com a superintendente do Iphan para discutir sobre o sítio arqueológico Caititu

17/05/2021 | Noticias


O objetivo do encontro foi discutir sobre ações de conservação e obras no acesso ao sítio.

 

O prefeito de Lajeado, Júnior Bandeira, se reuniu na última semana com a superintendente do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), Cejane Pacine, para discutir sobre projetos que serão desenvolvidos no sítio arqueológico Caititu, em Lajeado, localizado na serra ao lado da cidade. Entre os projetos discutidos estão: construção de um ponto de apoio para turistas, de um estacionamento e de escadas que levarão até a passarela de visitação que foi construída pelo Iphan. 

 

No ano passado, o sítio foi contemplado pela implantação de uma passarela de visitação construída pelo Iphan, mas o local ainda carece de infraestrutura adequada no acesso que leva à passarela construída.  O sítio  arqueológico Caititu será o primeiro no Tocantins aberto para visitação, após a pandemia.

 

A superintendente do Iphan, Cejane Pacine, relatou sobre o objetivo do encontro com o prefeito. “Discutimos com o prefeito sobre ações para implementação que vão potencializar a preservação do sítio e, além disso, difundir todo aquele patrimônio que é tão rico. Nosso objetivo foi pensar sobre essas ações para o desenvolvimento deste patrimônio cultural de Lajeado. O Iphan vem realizando há algum tempo ações lá em Lajeado, como atividades educativas, ações de fomento ao artesanato com ênfase no patrimônio arqueológico, a construção da passarela e também foi feito o serviço de conservação”, explicou. 

 

De acordo com o prefeito Júnior Bandeira, além das obras na infraestrutura, será oferecido à comunidade uma oficina de Guia de Turismo. “A prefeitura se coloca à disposição do Iphan. Em breve, será construído o ponto de apoio, degraus em madeira e o estacionamento no sítio. E também em parceria com o Iphan, nós iremos realizar uma oficina sobre Guia de Turismo. Queremos incentivar os trabalhadores locais a se capacitarem para que mais para frente, após a pandemia passar, a gente consiga receber turistas e visitantes”, disse.

 

Iphan

 

O Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) é um órgão vinculado ao Ministério do Turismo que responde pela preservação do Patrimônio Cultural Brasileiro e tem o papel de desenvolver ações de conservação. Dentre os patrimônios existentes do Brasil, um deles seriam os sítios arqueológicos.



Por Amanda Mitaly