Card image cap

Prefeitura de Lajeado compra equipamentos para serviços de saúde

11/12/2020 | Noticias


Ao todo foram investidos R$ 183.930,00 reais.

 

A Prefeitura de Lajeado, por meio da Secretaria de Saúde, adquiriu equipamentos necessários para serviços de saúde. Os materiais já estavam sendo adquiridos durante o ano, mas por conta da pandemia, as quantidades dobraram e novos materiais passaram a fazer parte das aquisições. Esses recursos se tornaram possíveis através da emenda parlamentar da senadora Kátia Abreu.

Microscópio laboratorial básico, câmara de conservação de vacinas, oxímetro de pulso, nebulizador portátil, reanimador pulmonar, estetoscópio adulto e infantil, braçadeira de injeção, mesa de exames, autoclave para esterilização, bisturi elétrico, balança digital, baldes, lixeiras, colposcópio e oftalmoscopia foram alguns dos itens comprados.

De forma emergencial, em virtude da pandemia, a prefeitura adquiriu ao longo do ano equipamentos de proteção, como máscaras com filtro eficientes, macacões, luvas, viseiras, aventais e litros de álcool em gel antisséptico. Além dos equipamentos hospitalares, os seguintes eletrônicos também foram itens acrescentados na lista: notebook, roteador, computador, ar condicionado, impressora, refrigerador, nobreak, entre outros.

“Nós estamos sempre buscando a modernização dos serviços públicos, a melhoria das condições para que os nossos usuários tenham mais comodidade, segurança e que também venha servir o nosso servidor da da saúde. São eles que vêm enfrentando esse grande desafio da pandemia, eles necessitam de boas condições para exercer os trabalhos. Portanto, é uma conquista do município, da população e dos servidores, esse é só o início de grandes reformas que estamos preparando para fazer em todo sistema de saúde de Lajeado”, disse o prefeito Júnior Bandeira.

A técnica de Enfermagem e servidora da saúde do município, Eva Vieira, ressalta sobre a importância de ter recebido a câmara conservadora de vacinas.  “É muito útil para a conservação das vacinas, já tínhamos buscado. Em 2010 veio a primeira câmara para o Tocantins, desde então a gente vem lutando.Comentei com o prefeito Júnior sobre essa necessidade, então ele foi atrás e hoje a gente recebeu na sala de vacinas a câmara conservadora. A capacidade dela é manter e armazenar todos os tipos de vacinas que recebemos no município", explica.