Prefeitura de Lajeado decreta situação de emergência na saúde pública

Prefeitura de Lajeado decreta situação de emergência na saúde pública

Notícias Acessos: 1313

O texto completo pode ser conferido no Diário Oficial.

O prefeito do município de Lajeado, Júnior Bandeira, esteve reunido na manhã desta sexta-feira, 20/03, com os secretários municipais para discutir sobre a adoção das medidas propostas para prevenção do COVID-19 e ações que serão realizadas para tratar da redução do contato social que, consequentemente, reduzirá as chances de transmissão do vírus. No Tocantins há um caso confirmado de infecção pelo novo Coronavírus.

As medidas gerais já estão válidas no município, a prefeitura do município decidiu decretar estado de emergência na saúde pública após ter confirmação de 01 caso no estado e 38 suspeitos. De acordo com o decreto, a cidade pode dispensar processos licitatórios para aquisição de bens, serviços e insumos de saúde destinados a ações de enfrentamento da emergência de saúde pública.

O prefeito ainda informa que as reuniões com os secretários serão feitas a cada 48h. O objetivo é trabalhar nas medidas de prevenção para evitar a proliferação do vírus e reforçar por meio de ações de conscientização os cuidados individuais que a comunidade deve ter. É importante que as recomendações do Ministério da Saúde sejam seguidas para ajudar a combater a pandemia.

Seguindo também a orientação do Ministério da Saúde, haverá paralisação das atividades, feiras, festividades, eventos do município e atendimentos presenciais serão suspensos, como medida de proteção, por tempo indeterminado.  Apenas serviços essências continuarão normalmente, como saúde e a segurança pública.

A Secretaria de Saúde ainda ressalta sobre a importância de evitar aglomerações e destaca que o contato com as unidades de saúde deve ser realizado inicialmente por telefone para prevenir a disseminação do COVID-19 em caso de suspeita. Portanto, dúvidas e informações podem ser obtidas pelo telefone do Centro de Operações de Emergência (63) 3519-1088.  

 

Por Amanda Mitaly

Imprimir