Notícias

Verba para Revitalização turística em Balneário de Lajeado é empenhada pelo Ministério do Turismo

Verba para Revitalização turística em Balneário de Lajeado é empenhada pelo Ministério do Turismo

O recurso será de 482 mil para investimentos no Balneário Ilha Verde.

A Prefeitura de Lajeado busca sempre garantir a melhoria da qualidade de vida da comunidade em geral e, ainda, oferecer uma visão otimista do que está por vir, principalmente nesse momento de pandemia por conta do coronavírus. O recurso de 482 mil conseguido pelo senador Eduardo Gomes para a revitalização turística no balneário do município foi empenhado na manhã desta quinta-feira, 23, pelo Ministério do Turismo.

O próximo passo é a aprovação do plano de trabalho, em seguida a assinatura do convênio com a Caixa Econômica Federal. O prefeito de Lajeado, Júnior Bandeira, fez um agradecimento especial ao senador. “O Eduardo é um líder que desde o início da carreira na esfera federal sempre buscou apoio aos prefeitos, acompanhei desde o início esse trabalho. Ele tem sempre destinado recursos e alcançou o estágio de ser um líder com respeito pelo trabalho prestado e é o homem mais preparado pra ocupar essa lacuna política no Estado que ele conquistou”, disse.

Os projetos para dar início aos trabalhos já estão em desenvolvimento e cinco quiosques serão revitalizados além dos banheiros, campos de futebol e a iluminação do Balneário Ilha Verde. O investimento que visa criar uma infraestrutura adequada aos turistas, busca também a regularização e a promoção da segurança dos visitantes.

O recurso além de favorecer o turismo da cidade, seja na urbanização como na infraestrutura, vai influenciar o desenvolvimento do comércio local oportunizando geração de emprego e renda. O planejamento das obras será feito visando as potencialidades, melhorias do município, fortalecimento da segurança em virtude do aumento de circulação de pessoas, além dos aspectos negativos como geração de lixo.

 

Com informações do Gazeta do Cerrado

Foto por Suzana Barros

Texto Por Amanda Mitaly

texto da imagem

Passarela do Balneário Ilha Verde é interditada por conta do aumento do nível da água

A ação está sendo feita junto à defesa civil.

A passarela do Balneário Ilha Verde, em Lajeado, serve como passagem do centro da cidade para o setor Aeroporto, mas devido ao aumento do nível da água, a Secretaria do Meio Ambiente e Turismo em consonância com a defesa civil fizeram uma vistoria e decidiram realizar o fechamento do local como medida de segurança.

A secretária do Meio Ambiente, Alinne Rodrigues, informa que a região tem enfrentado muitas chuvas nos últimos dias e isso fez com que o volume de água transbordasse. “Para resguardar a população dos riscos que a situação pode causar, decidimos interditar a passagem. A Secretaria junto defesa civil vai continuar fazendo o monitoramento”, disse.

Segundo a secretária, o monitoramento de outras áreas está sendo feito para observar o impacto que o aumento da água tem provocado e, dessa forma, prevenir a comunidade dos possíveis acidentes. A prefeitura alerta sobre a importância de respeitar a faixa de isolamento e de evitar aproximação com áreas de riscos e margens de rios.

De acordo com o site ClimaTempo, hoje, 21/04, haverá pancadas de chuva que vão até a noite. Já a previsão do tempo para o fim de semana, é sol e aumento de nuvens pela manhã, mas com pancadas de chuva durante à tarde e à noite.

 

Por Amanda Mitaly

Coronavírus: comitê operacional de emergência realizou reunião para discutir sobre flexibilização de medidas

Coronavírus: comitê operacional de emergência realizou reunião para discutir sobre flexibilização de medidas

Novo decreto será divulgado com novas medidas de enfrentamento contra a covid-19.

Para discutir sobre a situação atual de fechamento do comércio e isolamento social para evitar contaminação pelo coronavírus, o Comitê Operacional de Emergência (COE), realizou na última segunda-feira, 20/04, uma reunião com o prefeito Júnior Bandeira, comerciantes, empresários, secretários municipais e vereadores.

Na reunião foram ouvidas as principais demandas dos comerciantes, sugestões e ideias para flexibilizar as medidas de controle de proteção contra a covid-19. Entre os diálogos, foi discutido a reabertura dos restaurantes e lanchonetes do município, mas com algumas exigências, como por exemplo: a redução de mesas e o estabelecimento de distância mínima de 2 metros entre cada uma delas.

O decreto que declara situação de emergência em saúde pública e adota medidas de enfrentamento da pandemia provocada pela Covid-19, vence nesta quarta-feira, 22/04. A prefeitura informa que divulgará um novo decreto para informar sobre a flexibilização de alguns serviços ainda nesta semana.

Em meio à crise econômica gerada pela covid-19, a prefeitura compreende a preocupação dos comerciantes e empresários sobre seus negócios. No entanto, é preciso ter cautela nesse momento de pandemia e devemos seguir com as orientações adequadas da Organização Mundial da Saúde (OMS). Os trabalhos de conscientização continuarão sendo realizados para combater o novo vírus. Somente juntos vamos enfrentar essa crise.

 

Por Amanda Mitaly